segunda-feira, fevereiro 09, 2004

Prédio de luxo, em uma esquina da avenida Aclimação. Calçadas largas quase sempre limpas, com canteiros bem cuidados e muro de pedra muito mais bonito que os paredões brancos da vizinhança. A coisa é tão organizadinha que nos muros de pedra há plaquinhas com o Artigo 16º de Lei Municipal que prevê que "o condutor de um animal fica obrigado a recolher os dejetos fecais eliminados pelo mesmo em vias e logradouros públicos". Só que as plaquinhas estão colocadas a 10 centímetros do chão. Sim, à altura dos tornozelos. Ou seja, as plaquinhas são para os cachorros!

Aparentemente o condomínio é tão moderno, com técnicas tão avançadas, que percebeu que alguns donos são imunes a qualquer aprendizado, decidindo investir na educação de quem ainda consegue aprender alguma coisa: os cachorros.

Se bem que, a julgar pelos dejetos que ainda surgem com alguma freqüência, ou os cachorros falam outras línguas que consideram mais refinadas que nosso pobre português (e portanto não podem ler as plaquinhas a eles dirigidas), ou são alguns donos que se recusam a levar material para a coleta dos tais dejetos, apesar da insistência dos cachorros...

Mas tenho que ser tão justo quanto possível. Nem tudo é culpa dos donos. Eu acredito ter encontrado algumas dificuldades mentais em alguns donos que são, na verdade, culpa dos cachorros. Ainda vou descobrir, por exemplo, o que faz com que quanto mais pontudas e eretas as orelhas de alguns cães, mais idiotas fiquem os seus donos.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home