sexta-feira, maio 16, 2008

"Agora usando uma escala de 1 a 5, o quanto a senhora acha que eles são culpados?"

O caso da menina defenestrada fez o número de interessados em ser parte de júri popular crescer 400%, segundo esta matéria.

E os diversos especialistas achando ótimo que isso aconteça, todos celebrando o maior interesse das pessoas pelo processo, como se o povo quisesse ser júri apenas para ser mais atuante na sociedade e fazer um mundo melhor.

Você também pensou isso? Bobinho. Segundo uma das telefonistas, "todos disseram que gostariam de participar do júri para condenar o casal". Argh.

Isso é pior que o povo que fica tentando participar de pesquisa (tem gente que vive disso). Se a pessoa participou recentemente ou não tem o produto/ serviço/ perfil específico, é anti-ético e a pessoa tem que mentir para entrar, o que faz dela uma vigarista.

Mas no caso da pesquisa, além de ganhar um troco, teoricamente a pessoa está tramando para entrar e, se quiser, ainda pode tentar ser sincera e isenta (podemos falar sobre o "tentar" em outro post, década que vem).

No caso do júri, os boçais querem entrar especificamente para não serem isentos. Deus do céu.

Além, é claro, do fato de já estarem decididos e acharem que sabem o suficiente para condenarem alguém. Nojo.

Tomara que os idiotam sejam recrutados para um juri de 3 dias, em direito tributário. Se é que isso existe. Se houver justiça, existe.

3 Comments:

Anonymous Marco Aurélio said...

Não existe, mano. Só para crimes contra a vida mesmo. Mas um povo desse podia pegar um julgamento como eu peguei uma vez: caso claro de legítima defesa, tanto o advogado QUANTO o promotor recomendaram a absolvição, mas mesmo assim precisamos agüentar o depoimento de sete testemunhas, uma sessão de reconhecimento (aquele lance de enfileirar os negos e botar atrás de um vidro) e vários rapapés das duas partes. HOORAS.

sexta-feira, 16 maio, 2008  
Blogger Ferba said...

Ah, Marco, acho que isso serve... :D

sexta-feira, 16 maio, 2008  
Anonymous Daiane Paz said...

VIUXEEEEEEEEEEE, MUITO BOM!!!!!

domingo, 18 maio, 2008  

Postar um comentário

<< Home