domingo, setembro 24, 2006

Não-vergonha

Por algum motivo que ainda não entendi bem (talvez total estupidez mesmo), esse acontecimento (descrito no post O Inconvenientômetro) não vai para a lista de vergonhas. Provavelmente porque a Sheila (nome fictício) é tão fofa que conseguiu fazer com que eu não achasse um absurdo hediondo eu obrigá-la a terminar a tarde de sábado faxinando a própria cozinha. Uma lady, enfim.

2 Comments:

Blogger sheilinha said...

Fer, quase morri de rir com a estória... Me parece adequado, pelo bem do inconveniômetro, que a visita se repita... dessa vez, com chazinho... :D
Beijo, Sheila :)

quinta-feira, 28 setembro, 2006  
Blogger Felipe B said...

(tentei la, mas não deu) vim aqui)

ei, esqueceram de me levar no porta-malas. Tudo bem, mato a saudade com os comentários carinhosos de vocês no meu cato secreto e no blog das minhas filhotas.

Um beijão e boa viagem

quarta-feira, 11 outubro, 2006  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home