domingo, agosto 27, 2006

Assim caminha a humanidade: de ré

Lembra que depois de muito tempo tinha caído a estupidez das perguntas sobre orientação sexual dos doadores de sangue? Afinal, grupo de risco não faz mais sentido e no final das contas qualquer um pode mentir.

Pois é, a desembargadora Maria Isabel Gallotti, do TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região, devolveu do dia 22 de agosto validade à resolução da Anvisa que obriga todos os hemocentros a fazer perguntas sobre a orientação sexual dos candidatos a doador sangue durante as entrevistas que antecedem as coletas.

Nas próximas semanas a liminar será avaliada por desembargadores da 6ª Turma do TRF-1. E da decisão, claro, caberá recurso.O impedimento estava proibido desde julho, graças a uma liminar do juiz Márcio Braga Magalhães, da 2ª Vara Federal do Piauí, que o considerou discriminatório. Em sua sentença, Magalhães afirmava considerar "os homossexuais e bissexuais legitimados a doar sangue".A Anvisa recorreu e a desembargadora acatou o argumento de que são inabilitados para doar sangue "homens que tiveram relações sexuais com outros homens e ou as parceiras sexuais destes".

E dá-lhe andar pra trás. Tem gente que tem tanta, mas tanta burrice acumulada que me embrulha o estômago.

2 Comments:

Blogger Gui said...

Ah, bicho, eu nem esquento pentelho mais com isso. Tem gente precisando do meu sangue? Vou lá e dôo! Dou uma de macho ? ai, como cansa! ? e faço a minha parte. Afinal de contas, eu sou gay, mas (meu sangue é) limpinho. :P

domingo, 27 agosto, 2006  
Blogger sheilinha said...

daí a gente fica se perguntando se é puritanismo fake ou falta de coisa mais importante sobre a qual despachar/julgar mesmo... ai, ai... acho que o meu estômago também embrulhou... :)

domingo, 27 agosto, 2006  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home